A Índia vai se juntar à fúria do comércio global ao vivo?